Teatro Municipal Casa da Ópera
Imagem deTeatro Municipal Casa da Ópera

Teatro Municipal Casa da Ópera - Foto:Ane Souz

A Casa da Ópera de Vila Rica, hoje Teatro Municipal de Ouro Preto, é o mais antigo teatro em funcionamento das Américas. Foi construído em 1769 por João de Souza Lisboa e inaugurado em 6 de junho de 1770, o aniversário do Rei Don José I.

No Período barroco, a teatralidade era elemento de forte presença no cotidiano. Toda festa mineira era sempre um grande espetáculo e o teatro o meio mais adequado para expressar a pompa, opulência e glória dessa poderosa sociedade setecentista.

Casas de ópera existiram em quase todas as cidades da Minas barroca, mas a Casa da ópera de Vila Rica se diferenciou das demais. João de Souza Lisboa preocupou-se em formar bom elenco de artistas, trazidos de diversas cidades. No ano de inauguração, introduziu duas atrizes, revolucionando a moral da época que não admitia mulheres no palco. A partir daí, elencos mistos encarregavam-se das temporadas em Vila Rica.

Nos oito anos de sua administração, Souza Lisboa movimentou a Casa da Ópera de Vila Rica com repertório extenso, incluindo óperas e oratórios. Cláudio Manoel da Costa foi sem dúvida um dramaturgo que muito contribuiu para o sucesso da Casa. Em suas correspondências, Souza Lisboa, cita o drama São Bernardo e as traduções de José Reconhecido e Alex na Índia, de Metastásio, ambos de autoria do poeta inconfidente.

A partir da segunda década do século XIX, intensa programação reuniu famosos artistas brasileiros e estrangeiros, que aqui apresentarem variados textos da literatura teatral, entre eles, Escola de Maridos, de Molière. Nesta época, a Companhia da Casa da ópera era composta por 20 atores, entre homens e mulheres que atuavam ao lado de uma orquestra de 16 músicos. Durante 1811, 45 peças foram apresentadas.

Com fachada singular, possui espessas paredes de pedra e frontão triangular detalhado por elementos simbólicos esculpidos em pedra. O hall de entrada prepara o visitante para a surpresa do magnífico espaço interno. Três pisos distintos, nos quais se distribuem platéia, camarotes, frisas e galerias, totalizam 300 lugares.

O piso de entrada dá acesso ao nobre camarote, com sofá e cadeiras austríacas, outros camarotes e escadas helicoidais em madeira que levam à galeria no último piso.

Escadas laterais de pedra levam ao primeiro piso, onde está platéia e frisas. No porão, existem ainda camarins e sala de recepção para artistas e técnicos.

Estruturas trabalhadas em ferro, pinturas descobertas em restauração recente e pequenas adaptações são intervenções posteriores à época de construção que não representam alteração significativa no espaço original.

Contato
Telefone de Reservas:
(31) 3559-3224
E-mailProfissional:
casadaoperaop@gmail.com
SiteRede social:
https://www.facebook.com/pg/teatrocasadaopera
Horário de funcionamento
Domingo: Fechado
Segunda-feira: Aberto de12:00 até17:30
Terça-feira: Aberto de12:00 até17:30
Quarta-feira: Aberto de12:00 até17:30
Quinta-feira: Aberto de12:00 até17:30
Sexta-feira: Aberto de12:00 até17:30
Sábado: Aberto de12:00 até16:00
Feriado: Aberto de até
Observações

Valor da entrada:

 - Inteira: R$ 5,00

 - Meia entrada para estudantes, professores e acima de 60 anos.

Como chegar
Endereço:R Brigadeiro Musquera ,S/N, ,Centro - Ouro Preto