Lavras Novas
Lavras Novas

Parte do casario de Lavras Novas

Arquivo SETIC

Lavras Novas é famosa por seu ar bucólico, por se parecer com uma pequena vila cercada de natureza. As trilhas, cachoeiras, os passeios a cavalo e de quadriciclo são atrações que complementam o charme do local. Há muitas pousadas, restaurantes e cafés charmosos, além de bares com música ao vivo nos finais de semana, que possibilitam uma estadia tranquila, para aqueles que desejam descansar, e divertida, para quem busca entretenimento.

O distrito de Lavras Novas está localizado a cerca de 19 Km de Ouro Preto. Trata-se de uma localidade que tem mostrado, nos últimos anos, sua forte vocação para o turismo, com roteiros que contemplam não apenas sua história, mas também o ecoturismo.

Sobre o surgimento de Lavras Novas, sabe-se que nos anos finais do século XVIII, muitas minas se esgotaram trazendo estagnação econômica a vários arraiais próximos a Vila Rica. Porém, novas expedições continuaram à procura de ouro em seus arredores. Assim surgiu Lavras Novas, que recebeu este nome por ter lavras de ouro descobertas posteriormente, ou seja, uma exploração aurífera mais recente, se comparada com outros arraiais mais antigos (como São Bartolomeu e Antônio Pereira, por exemplo).

Segundo a tradição oral, há uma lenda muito disseminada de que o local poderia ter tido origem como um quilombo, já que a maior parte de sua população é negra. Porém, não há comprovações históricas de tal origem.

No centro do distrito, é possível visitar a Capela de Nossa Senhora dos Prazeres, uma devoção incomum em Minas Gerais. Segundo registros, a capela foi erguida em 1762, em torno dela foi formado o arruamento, característico das primeiras vilas em Minas Gerais. Em frente a capela está o cruzeiro de pedra, que orna o largo, símbolo da fé e religiosidade dos primeiros povoadores, conservadas até os dias atuais pela população local.

População: 929 habitantes

Atenção: você que não identificou algum local listado, clique aqui e preencha o formulário que entraremos em contato.

Fontes de informação e referências:

Texto: Greiza R. Tavares Rodrigues Ferreira - Jornalista - Agente Administrativo - Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio - Prefeitura de Ouro Preto - MG.

Referências:

COSTA, Joaquim Ribeiro.Toponímia de Minas Gerais.Ed. Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte 1970.

MARTINS, Antonio de Assis e OLIVEIRA, José Marques.Almanak administrativo, civil e industrial da província de Minas Gerais.Typographia do Minas Geraes, Ouro Preto, 1864.

VASCONCELLOS, Diogo de. História Média de Minas Gerais. 4ª Edição. Belo Horizonte: Itatiaia, 1974.

Disponível em: > http://www.ouropreto.mg.gov.br/distrito/6 > Acesso em 30/05/2019.