Glaura ou Casa Branca
Glaura ou Casa Branca

Igreja Matriz de Santo Antônio

Arquivo SETIC

Glaura, também conhecido como Casa Branca, é um distrito que atrai por sua característica bucólica e tranquila, típica das pequenas vilas e cidades. Atualmente, a localidade se destaca por possuir muitas plantações de frutas, criação de gado leiteiro e pela produção dos doces caseiros, principalmente doce de leite em compota. Há outros artesanatos no distrito, com materiais como a taquara, o couro, crochês e bordados.

O distrito fica a cerca de 31 Km de Ouro Preto, sendo um dos mais antigos distritos de Vila Rica, fundamental na passagem dos bandeirantes e na Guerra dos Emboabas, conflito entre paulistas e portugueses, entre 1708 e 1709. O arraial surgiu no século XVIII, no auge da exploração do ouro, como refúgio para os grandes fazendeiros, por ser ponto de divisão entre Vila Rica e São João Del Rei. Por isso, o local conta com pousadas e fazendas singulares.

Segundo a tradição oral, anteriormente ao nome Casa Branca, o povoado teria sido nomeado Santo Antônio das Minas de Balthazar de Godoy. Este Balthazar seria o rico fazendeiro do local que teria construído uma ermida dedicada a Santo Antônio, que teria sido substituída pela atua Matriz de Santo Antônio, entre os anos de 1758 e 1764. Porém, os altares da ermida original, em Estilo Nacional Português, foram inseridos no interior da igreja, preservados na nave até os dias atuais. Atualmente, a Matriz está entre as igrejas históricas que estão sendo restauradas pelo IPHAN, com recursos do PAC Cidades Históricas. Será realizada a restauração completa do bem, incluindo parte arquitetônica e elementos artísticos.

No século XX, o governo municipal mudou o nome do povoado para Glaura, alusão à obra do poeta árcade Manuel Inácio da Silva Alvarenga, nascido em Vila Rica, tendo publicado essa famosa obra em 1799, em Lisboa. Entretanto, grande parte da população ainda conserva o costume de chamar o distrito de Casa Branca.

A localidade se caracteriza pelo arruamento desenvolvido em torno da Igreja, sendo que, nos anos iniciais do povoado, as antigas ruelas levavam à parte da antiga Estrada Real de Sabará e à Praia do Rio das Velhas. Por essas razões, Glaura é um típico destino turístico para quem busca descanso, cercado de natureza, história e a mineiridade típica.

População: 1418 habitantes

Atenção: você que não identificou algum local listado, clique aqui e preencha o formulário que entraremos em contato.

Fontes de informação e referências:

Texto: Greiza R. Tavares Rodrigues Ferreira - Jornalista - Agente Administrativo - Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio - Prefeitura de Ouro Preto - MG.

Referências:

COSTA, Joaquim Ribeiro.Toponímia de Minas Gerais.Ed. Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte 1970.

MARTINS, Antonio de Assis e OLIVEIRA, José Marques.Almanak administrativo, civil e industrial da província de Minas Gerais.Typographia do Minas Geraes, Ouro Preto, 1864.

VASCONCELLOS, Diogo de. História Média de Minas Gerais. 4ª Edição. Belo Horizonte: Itatiaia, 1974.

Disponível em: >http://www.ouropreto.mg.gov.br/distrito/5 > Acesso em: 30/05/2019.

Disponível em: >http://purl.pt/14320 - Glaura : poemas Eroticos (1799) >Acesso em 30/05/2019.