Festa de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia

02/01 até08/01 | Local:Igreja Santa Efigênia e Capela do Padre Faria

A Festa do Reinado de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia abre o Calendário de Eventos do município em janeiro de 2022! 

A festa é um dos maiores eventos tradicionais de Ouro Preto e tem uma das celebrações do Congado mais importantes do Brasil, declarado patrimônio imaterial da cidade de Ouro Preto em 2019. 

Shows, debates, palestras e oficinas diversificarão a edição 2022 da festa do Reinado, “Fé que canta e dança”, mantendo viva a tradição e fortalecendo para a retomada da festa em sua plenitude em 2023.

Ainda em virtude dos impactos da epidemia da Covid-19, as festividades em 2022 acontecerão com a presença apenas dos grupos locais, mas com uma programação diversificada. A abertura será no dia 02 e encerramento no dia 09 de janeiro.

"Por uma questão de segurança, ainda não convidaremos grupos de fora para esta edição. Seguiremos todas as regras de segurança sanitária, louvando, cantando e dançando em honra a Nossa Senhora do Rosário, Santa Efigênia e São Benedito”, explica Kedison Guimarães, Capitão da Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia, e diretor de Promoção e Igualdade Racial da Prefeitura de Ouro Preto.

 

Veja a programação completa:

 

Programação do Reinado de Nossa Senhora do Rosário, Santa Efigênia e São Benedito - 2022

 

 

A FÉ QUE CANTA E DANÇA

Patrimônio Imaterial de Ouro Preto -MG

 

Dia 02 – Domingo – Abertura das Festividades

12h - Bênção ao Reinado.

19h – Missa e Bênção das Bandeiras, logo após Levantamento das Bandeiras de Nossa Senhora do Rosário,Santa Efigênia e São Benedito.

Local: Capela do Padre Faria.

(Seguindo as normas de segurança da Organização Mundial da Saúde o público será limitado)

 

Dia 03 - Segunda – feira

 

 14 h Oficina – Brincadeiras – Africanas

 Ministarda pela CIA – Rabisco Brincante

 

Local:  Casa de Cultura Negra – Ao lado da Igreja de Santa Efigênia

 

19h Palestra – Reinados Negros

Ministrada pela Drª e Prª Leda Maria Martins

Leda Maria Martins é poeta, ensaísta e dramaturga. Doutora em Letras-Literatura Comparada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG, 1991), tem Mestrado em Artes pela Indiana University (USA, 1981). Possui pós-doutorados em Estudos da Performance pela New York University, Tisch School of the Arts, Department of Performance Studies, (1999-2000 e 2009). Leda conquistou mais um título de pós-doutorado, em Rito e Performance, na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO, 1999). Na atuação como professora, é visitante da New York University, Department of Performance Studies (2009-2010), e foi docente dos cursos de Letras e de Artes Cênicas da UFMG, entre os anos de 1993 até 2018.

 

Local: Casa de Cultura Negra.

Dia 04–Terça-Feira

14h Confecção de Capacetes de Congo –

Ministrado pela Guarda de Congo Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia

Local: Casa de Cultura Negra.

19h Palestra  Vissungos – Cantos Sagrados

Os vissungos são “cantigas em língua africana ouvidas outrora nos serviços de mineração” e ainda hoje presentes em diversas situações da vida cotidiana dos habitantes de alguns povoados de Minas Gerais.

Ministrada pela Leticia Afonso – Graduada em Música pela Universidade Federal de Ouro Preto (2014). Atualmente é professora de música na Iluminar Praticas Interativas.

Local:  Casa  de Cultura Negra.

 

Dia 05 – Quarta-Feira

19h – Peça teatral – Galanga: Chico Rei

SINOPSE

A peça, com dramaturgia de Paulo Cesar Pinheiro e adaptada por Maurício Tizumba, narra a história do rei congolês vindo escravizado para o Brasil e que, nas Minas Gerais, conquistou sua liberdade, libertou vários escravizados e tornou-se rei novamente.

Tizumba é o narrador, uma espécie de griot que, acompanhado dos músicos, guia o público pela narrativa que também se configura como uma das versões mitológicas para o surgimento do Congado.

 

Ficha Técnica

Direção e Adaptação: Maurício Tizumba (inspirado na Criação de João das Neves) Assistência de Direção: Brenda Alaís |  Texto e Músicas: Maurício Tizumba, Sergio Santos e Paulo César Pinheiro |  Dramaturgia: Paulo Cesar Pinheiro |  Elenco: Maurício Tizumba |  Músicos: Everton Coroné, Sergio Silva e Alysson Salvado | Cenografia: Alexandre Tavera e Irmandade dos Carolinos | Concepção de figurino: Janaina Castro e Maria Luiza Magalhães | Iluminação e Montagem: Wallace Colibri

Local: Casa da Opera  - Teatro Municipal – Entrada Franca

 

Dia 06 – Quinta-Feira

14h- Oficina – Customização de Turbantes

Ministrada pela CIA Rabisco Brincante.

Local: Casa de Cultura Negra ao lado da Igreja de Santa Efigênia

 

1º dia do Tríduo: “Mãe Maria cuida de nós por toda vida

19h30 – Celebração e Tríduo em Louvor a Nossa Senhora do Rosário e a Santa Efigênia.

Local: Capela do Padre Faria - (Seguindo as normas de segurança da Organização Mundial  da Saúde o público será limitado)

 

Dia 07– Sexta-Feira

14h Oficina Nosso Canto 

Tem como objetivo vivenciar uma troca de saberes (acadêmico e saberes populares) no canto.

Ministrada por – Lívia Rosa. Formada em Relações Públicas pela PUC, formação técnica em teatro com o diretor Luiz Paixão, formações como cantora com nomes de peso como Aída Couto, Regina Milagres, Kevin Mahogany(US) e Silvana Malta(DK) -Intérprete da música popular brasileira, seu trabalho é permeado por batidas quentes e arranjos vocais que variam do samba ao jazz.

Local:  Casa de Cultura Negra – Ao lado da Igreja de Santa Efigênia

 

2º dia do Tríduo:  “Bendito Louvado Seja o Rosário de Maria

19h30 - Celebração e Tríduo em Louvor a Nossa Senhora do Rosário e a Santa Efigênia.

Local: Capela do Padre Faria - (Seguindo as normas de segurança da Organização Mundial  da Saúde o público será limitado)

 

Dia 08 – Sábado

10h Oficina – “A força e Ancestralidade do Ferro’

Ministrada por Diego Fernandes

Fundador da escola Samba Preto, Diego Fernandes é formado em música pela UFOP e tem mestrado em Educação pela USP. É exímio músico e professor. Tem experiência em bandas de diversos estilos e fanfarras diversas. Diego também ministra aulas de Joalheria, arte que trabalha e conhece há mais de 10 anos

Local: Casa de Cultura Negra – Ao Lado da Igreja de Santa Efigênia.

3º dia do Tríduo: “Maria, mãe que acolhe em seu regaço. Mãe medianeira da Graça”

19h30 – Missa e encerramento do Tríduo em Louvor a Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia.

Local: Igreja Matriz de Santa Efigênia. (Seguindo as normas de segurança da Organização Mundial da Saúde o público será limitado)

 

 

Dia 09 de janeiro – Domingo - Dia Festivo

05h - Alvorada – Toque de Sinos.

15h- Missa Conga na Capela do Padre Faria.

16h – Descendimento das Bandeiras  e encerramento.

Transmissão da missa será via Rádio Itatiaia e no Canal do Youtube – Amigos do Reinado.

(Seguindo as normas de segurança da Organização Mundial da Saúde o público será limitado)

 

 

Realização: Associação Amigos do Reinado de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia; Paróquia de Santa Efigênia do Alto da Cruz, Irmandade de Santa Efigênia; Guarda de Congo de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia e Guarda de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia.

Agradecimentos:  Prefeitura Municipal de Ouro Preto, Secretária Municipal de Cultura e Patrimônio; FUNPATRI - Fundo de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de Ouro Preto –MG.

 Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia do Alto da cruz; Sr.Wilson Ferreira (Juiz da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário do Padre Faria), Pastoral da Juventude, Pastoral Familiar, Pastoral da Criança e do Adolescente, Pastoral da Saúde  ;Associação de Moradores do Padre Faria,  AMAC(Associação de Moradores do Bairro Alto da Cruz), Mina do Chico Rei; Comissão Ouropretana de Folclore; todos os meios de comunicação e a Comunidade de Ouro Preto que contribuíram para realização desta festividade.

Notas:

1 - Por determinação da Arquidiocese de Mariana, a Paróquia se exime de quaisquer responsabilidades advindas por acidentes causados  por fogos de artifícios e espetáculos pirotécnicos realizados por iniciativas particulares.

2 – Nas festas religiosas e eventos pastorais fica terminantemente proibida a comercialização e distribuição de bebidas alcoólicas ,através de suas comunicações paróquias, pastorais específicas, associações religiosas e movimentos eclesiais.

Visto: Padre Luiz Carlos Ferreira.

 

Patrocínio: Prefeitura Municipal de Ouro Preto – FUNPATRI - Fundo de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de Ouro Preto –MG.