Semana Santa - Evento com celebrações públicas suspensas

05/04 00:00 até 12/04 00:00 | Local: Sede e Distritos

Semana Santa em Ouro PretoFoto por: Ane Souz

A maior celebração tradicional da fé dos católicos em Ouro Preto se aproxima: a Semana Santa. São ritos que fazem parte da cultura local desde o século XVIII. Os quarenta dias que antecedem esta sacra semana fazem parte do período da Quaresma, iniciado na quarta-feira de cinzas. É um tempo de oração e conversão, preparando os devotos para a Semana Santa e, consequentemente, para a Páscoa, que, neste ano, será celebrada no dia 12 de abril.

Na cidade histórica, essa solenidade foi passada de geração em geração e conta com algumas peculiaridades. A organização dos ritos é dividida entre duas paróquias: a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição (do bairro Antônio Dias) e a Paróquia de Nossa Senhora do Pilar (do bairro Pilar), ou seja, a cada ano uma delas é a responsável pelos ritos principais. Neste ano de 2020, a organização ficou a cargo da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar. Esse revezamento acarreta em algumas mudanças, principalmente com relação aos trajetos das procissões, mas os ritos são os mesmos.

Outro destaque são as figuras bíblicas, representadas pelos moradores da cidade, que seguem nas procissões. Cada pessoa simboliza um personagem marcante nas escrituras da Bíblia, sobretudo na trajetória de Jesus. Os tapetes de serragem são outra característica marcante na Semana Santa de Ouro Preto. Na madrugada do Sábado de Aleluia para o Domingo de Páscoa, a comunidade e os turistas são convidados a participar da confecção dos tapetes devocionais, para a passagem da procissão do Domingo de Páscoa. A Prefeitura de Ouro Preto distribui a serragem colorida ao longo do percurso, que, neste ano, sai da igreja de Nossa Senhora do Pilar em direção à Igreja de São Francisco de Assis. 

Muitas celebrações marcam este período em Ouro Preto encantando fiéis, moradores e turistas. Alguns ritos antecedem a Semana Santa, como o Setenário das Dores de Nossa Senhora. São sete dias de celebração, nos quais os fiéis fazem uma profunda meditação sobre o sofrimento da Virgem Maria durante a vida de Jesus, sobretudo no caminho do calvário e na sua crucificação. Essa devoção chegou a Minas Gerais através dos Servos de Maria, cuja Ordem Terceira se instalou em Ouro Preto na segunda metade do século XVIII.

Um importante resgate na tradição da Semana Santa em Ouro Preto é a Procissão do Fogaréu, que foi novamente incluída nos ritos em 2019, após cerca de um século sem ser realizada na cidade. Na Quinta-feira Santa, após a Cerimônia do Lava-pés, os fiéis sairão da igreja de Nossa Senhora do Carmo, em cortejo até a Igreja de São Francisco de Assis, onde tomarão consigo a imagem do Senhor Bom Jesus Flagelado, simbolizando sua prisão no Horto das Oliveiras. O cortejo seguirá pelo bairro Antônio Dias até a igreja de Nossa Senhora das Dores.

Confira a programação em nossa galeria:

Galeria