Ouro Preto é sucesso em números de visitantes e de público nas atrações da cidade

Por Patrícia Souza | 20/02 às 01h:32
Praça Tiradentes Projeção Mapeada (Fevereiro 2020)Foto por: Ane Souz

A cidade de Ouro Preto é um dos destinos mais procurados no Brasil como cidade histórica de beleza cênica natural e preservada arquitetura. É destaque também nos eventos tradicionais como o Carnaval, considerado um dos melhores carnavais de rua do interior do país, e a Semana Santa, com as ritualísticas festas religiosas que ocorrem nas igrejas de arquitetura barroca do século XVIII.

Em 2019, a visitação nos museus de Ouro Preto obteve uma ascendência, fato que pode ser comprovado com os registros de visitantes no período de janeiro 2019 a janeiro de 2020. O Museu da Inconfidência, que resguarda a história de Vila Rica, em sua edificação onde funcionou a Casa de Câmara e Cadeia, é um dos museus mais visitados no Brasil, registrando o número de 220.000 durante o ano de 2019.

O número de visitantes também foi significativo na Casa da Ópera, Teatro Municipal mais antigo em funcionamento das Américas, que esse ano completa 250 anos de história. A Casa da Ópera recebeu 8.205 visitantes entre os meses de janeiro a dezembro de 2019.

Outro Museu que também se tornou atraente aos visitantes é o Museu Municipal Casa dos Inconfidentes, casa que, segundo a cultura local, abrigava os inconfidentes. Com seu mobiliário dos séculos XVIII e XIX, o espaço obteve um público de 5.645 turistas durante o período.

A previsão é que este movimento turístico ainda se mantenha mesmo nos períodos de sazonalidade, de acordo com os dados da Secretaria de Turismo. Em junho e julho de 2019 houve um crescimento de 15% no movimento turístico e que se manteve com um aumento de 10% no fluxo nos meses considerados de baixa temporada, demonstrando um interesse dos visitantes pelo destino histórico cultural que é a cidade de Ouro Preto.

Para o Carnaval de 2020, os hotéis e pousadas de Ouro Preto já trabalham com 72% da taxa de ocupação e esperam atingir os 90% durante os quatros dias de folia na cidade. As pousadas e demais acomodações nos distritos de Ouro Preto também estão em condições de lotação para a folia para quem busca lugarejos de descanso em companhia da natureza.

O diretor financeiro do Convention & Visitors Bureau, Antoninho Santos, que também representa o empresariado ouro-pretano, espera que o Carnaval supere a média do ano passado, que foi de 45%, com os 75% da taxa de ocupação já confirmados pela Agência Brasileira de Hotéis – ABIH para este ano.

Antoninho Santos afirma que no ano passado o cenário econômico havia uma incerteza, devido à mudança de governo, cenário de recessão em Ouro Preto, insegurança e enfrentamento de novo cenário político federal. Outra questão que afetou o turismo à época foi a recomendação da Defesa Civil a respeito do acesso à cidade, dificultando a passagem de BH a Ouro Preto na rodovia BR356. Após este período, o turismo retornou com um crescimento evolutivo de 50% em sua taxa de ocupação nos meses que seguiram até o final de 2019, com recuperação econômica em relação ao turismo e aumento de 20% na receita já no mês de janeiro 2020, ressalta o empresário.

O secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Felipe Guerra, enfatiza a importância deste crescimento do turismo como atividade no desenvolvimento econômico de cidade. “Os números demonstram uma recuperação total de público para o carnaval, que evidenciou o interesse de uma festa tipicamente de rua e de ambiente familiar. O número expressivo de turistas durante o ano também mostra como Ouro Preto ainda se mantém como um dos destinos mais atrativos do Brasil e que o turismo é um dos caminhos para diversificação da economia. A cidade está se organizando e está cada vez mais preparada pra receber os visitantes”, ressalta Felipe.