Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais disponibiliza selo internacional “Viagem Segura” para entidades do setor turístico

O selo, que tem como objetivo reforçar o estado como destino turístico seguro e confiável, pode ser solicitado por processo virtual

Por Silas Santos | 21/12 às 04h:03
Foto por: Divulgação

Texto: Greiza Tavares

As instituições mineiras do setor turístico poderão solicitar à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) o selo internacional “Safe Travels” ou “Viagem Segura”, da World Travel & Tourism Council (WTTC), cujo uso pelo Destino Minas Gerais foi autorizado em função da adequação dos protocolos de saúde e segurança sanitária aos padrões internacionais de enfrentamento à Covid-19. O selo, que tem como objetivo reforçar o estado como destino  turístico seguro e confiável, pode ser solicitado por processo virtual.

A Resolução nº 44/2020, publicada no Jornal Minas Gerais, no dia 25 de novembro, determina que as Instâncias de Governança Regionais (IGRs), prefeituras, organizações da sociedade civil, empresas privadas e profissionais do setor turístico podem solicitar o selo “Viagem Segura”, desde que os interessados evidenciem e alinhem-se aos protocolos de segurança em saúde e higiene, em consonância com as orientações do Plano Minas Consciente. 

Quem pode solicitar o Selo “Safe Travels” ou “Viagem Segura”

Dessa forma, poderão solicitar o selo as Instâncias de Governança Regionais (IGRs), municípios, sociedade civil organizada com fins para o desenvolvimento do turismo e demais prestadores de serviços turísticos cadastrados no “Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos” ou “Cadastur”, a saber: empresas do setor de organização de meios de hospedagem; agências de turismo; transportadoras turísticas; organizadoras de eventos; parques temáticos; acampamentos turísticos; restaurantes, cafeterias, bares e similares; centros ou locais de convenções, feiras ou exposições e similares; empreendimentos de entretenimento, lazer e parques aquáticos; empreendimentos de apoio ao turismo náutico ou à pesca desportiva; casas de espetáculo; prestadoras de serviços de infraestrutura para eventos; locadoras de veículos para o turista; prestadoras especializadas em segmentos turísticos e guias de turismo. Os solicitantes devem ter sede em Minas Gerais e, como já citado, devem cumprir a aplicação dos protocolos do Plano Minas Consciente.

Como fazer a solicitação

Para solicitar o selo “Viagem Segura” da WTTC, os interessados devem seguir os procedimentos nos seguintes links: acessar e ler atentamente os Termos e Condições de uso do selo; acessar, imprimir, assinar e transformar em arquivo PDF o Termo de Responsabilidade e preencher o link do Formulário de Solicitação.

As informações serão revisadas para garantir que os dados estejam corretos e completos. Caso haja necessidade de complementação de informações, a Secult irá fazer uma solicitação específica aos interessados.

Ao concluírem o processo planejado, os candidatos serão notificados por e-mail pela Secult com a confirmação de sua aprovação e fornecimento do selo e do seu manual de utilização. Caso desejem a inserção da logomarca da organização ou da empresa, isso deverá ser feito pelo próprio solicitante.