Começou a 16ª Primavera de Museus em Ouro Preto!

Os museus da cidade organizaram uma extensa programação para a “Primavera de Museus”, a exposição ‘Liberdade e Estilo’, no Museu Casa dos Inconfidentes, marcou o início das atividades

Por SabrinaPereira |22/09 às06h:05
Foto por:Sabrina Pereira

No dia 19 de setembro, foi iniciada a programação da “Primavera de Museus”, que seguirá até o dia 25. Nesta edição, o evento traz o tema “Independências e museus: outros 200, outras histórias”. Em Ouro Preto, os 6 museus participantes organizaram uma programação diversa incluindo exposições, apresentações musicais, oficinas, exibições de filmes entre outros eventos para a comunidade. Neste contexto, os organizadores buscam destacar o relevante papel de mulheres, africanas e afrodescendentes, povos originários, sertanejos, ribeirinhos de norte a sul do Brasil, nas lutas pela independência oficial do Brasil, como, ainda hoje, pela escuta, pela busca de respeito, reconhecimento e integração de suas culturas ao contexto nacional.

Pensando nisso, a equipe do Museu Casa dos Inconfidentes deu início à sua programação de primavera com a exposição “Liberdade e Estilo”, produzida por Cor Jesus. O artista, de 61 anos, passava por um momento difícil na vida pessoal e enxergou a arte como instrumento de transformação da realidade e é reconhecido pelo seu ilustre trabalho. As obras são feitas inteiramente com material reciclável. Cor Jesus faz uma reconstituição urbana com caixinhas de remédio, chicletes, e papéis variados, transformando os objetos que seriam lixo na natureza em matéria-prima.

O artista falou um pouco sobre suas obras e como começou o processo artístico de desenvolvimento. “Quando eu me aposentei, comecei com o desenho das casinhas. Foi quando minha filha falou que estava muito bonito e pediu que eu fizesse um quadro grande daquele desenho, uma pintura com tinta. Fui com ela até a FAOP e a professora falou para buscarmos alguma coisa que nos remetesse à infância, então eu lembrei que meu pai fazia casinhas para montar presépio. Lembrei disso, fiz as casinhas com caixas de chicletes e não parei mais”, disse Cor Jesus.

Além da mostra, Cor Jesus ofereceu oficinas para adolescentes e adultos na Casa dos Inconfidentes, durante os dias 20 e 22 de setembro. O artista falou um pouco sobre a iniciativa das oficinas. “Acredito que é importante não só apresentar a obra, mas ensinar o processo de criação. Podemos dizer que a arte tira as pessoas do mal caminho. Eu saí de uma situação delicada através da arte”, relatou Cor Jesus.

A Museóloga Romilda Aparecida Ferreira falou sobre a importância de trazer a mostra para a Casa dos Inconfidentes durante a “Primavera de Museus”. “Essa exposição veio de encontro à temática da primavera de museus, então nós pensamos em como seria interessante contar a história do Cor Jesus, que já gostaríamos de contar há um tempo atrás, percebemos que essa seria uma ótima oportunidade de mostrar as obras de uma pessoa que trabalha com reciclagem”, explicou a museóloga.

A exposição Liberdade e Estilo encanta, não só por cada detalhe de sua construção e pelas inúmeras cores vibrantes, mas principalmente pela história de transformação através da arte que carrega. A 16ª edição da “Primavera de Museus” reuniu os museus de Ouro Preto com o objetivo de mostrar ao público como a arte pode libertar, transformar e ressignificar histórias de vida.

Veja a programação completa da “Primavera de Museus”, em Ouro Preto, no link: Primavera de Museus.