Obras de arte da Estrada Real
Obras de arte da Estrada Real

Caveira

O traçado da Estrada Real, no trecho entre os municípios de Ouro Branco e Ouro Preto, atravessa uma paisagem bem singular. A presença de muitos córregos, nascentes e cachoeiras, o relevo montanhoso e seus aspectos geológicos, o clima e a vegetação de matas de encostas e galerias, cerrados, campos limpos e campos rupestres, a existência de grotas e as mudanças de altitudes, em alguns trechos de forma abrupta, fizeram surgir nessa estrada obras de arte de engenharia civil, testemunhas do saber fazer dos séculos XVIII e XIX. Atualmente, a via que ligava o Porto da Estrela, no fundo da baía de Guanabara, a Vila Rica de Ouro Preto, sede da Capitania das Minas Gerais ficou conhecida como Estrada Real. O trecho entre o porto e Igreja Nova, hoje cidade de Barbacena, foi aberto em 1701, por Garcia Rodrigues Paes, filho do bandeirante Fernão Dias, e ficou conhecido por Caminho Novo. O trecho Ouro Branco-Ouro Preto, de cerca de 30km, só veio a ser integralmente asfaltado em 2001, e guardou pontes e muradas do velho caminho, ainda preservadas, que constituem um dos mais impressionantes acervos de cantaria do país. O perímetro de tombamento das Obras de Arte da Estrada Real (trecho Ouro Preto/Ouro Branco) inclui o corpo principal das pontes, galerias, bueiros e arrimos (toda a sua composição estrutural), além das áreas de ancoragem e parte da rodovia que afeta os componentes que constituem as estruturas. Evidentemente, a área protegida contempla parte dos córregos afluentes e parte da vegetação das margens, assim como toda a geografia do lugar que justifica a existência das pontes. Constituem as obras de arte as seguintes estruturas:

1. Galeria de Drenagem (Ponte Zero):
2. Ponte Um (Ponte Rancharia 1):
3. Arrimo (Ponte Rancharia 2):
4. Ponte Dois (Ponte Rancharia 3):
5. Ponte Falcão:
6. Ponte da Caveira:
7. Galeria de Drenagem (Bueiro Serra do Itatiaia):
8. Arrimo Conjunto Calixto (Drenagem em Cantaria):
9. Ponte do Conjunto Calixto (Drenagem em Calixto):
10. Ponte do Conjunto Calixto (Ponte do Calixto):



Parecer de tombamento: clique aqui para download

Fontes de informação e referências:

Acervo de Inventários e Dossiês da Prefeitura de Ouro Preto/PROPAT e Arquivo Público Municipal de Ouro Preto