Capela De Nossa Senhora da Conceição do Chiqueiro dos Alemães
Capela De Nossa Senhora da Conceição do Chiqueiro dos Alemães

Acervo do PROPAT

O bem cultural “Capela de Nossa Senhora do Chiqueiro dos Alemães”, situa-se no distrito de Miguel Burnier, em um vale distante do núcleo urbano, sendo acessada por estrada de terra. O local é conhecido desde os primórdios do século XVIII, com referência inclusive em mapas antigos. A antiga fazenda Chiqueiro do Alemão, pertecente inicialmente a um minerador, segundo tradição oral colhida por Diogo de Vasconcelos, um bandeirante paulista de alcunha “Alemão”, deu origem a um pequeno povoado que provavelmente tomou por nome, posteriormente, por iniciativa provável de algum padre local, de Nossa Senhora da Conceição do Chiqueiro dos Alemão, conhecida paragem de tropeiros e viajantes. A palavra Chiqueiro foi por muitos interpretada de maneira pejorativa, desprestigiando o local, no entanto, o termo nada mais é do que uma designação comum e antiga na mineração de garimpo, e significa algo como uma pequena barragem construída para se garimpar. Relatos contam que as festividades em torno da Capela eram muito frequentadas ainda nos anos de 1960, tendo a Igreja funcionado normalmente, até pelo menos, o ano de 1976. Atualmente a Capela consiste em uma estrutura de edificação parcialmente arruinada, da qual restaram apenas as paredes com alguns trechos desmoronados nos topos e perda do reboco em várias partes; e parte do piso interno. O perímetro de tombamento abrange a Capela e seu adro murado. Trata-se de um importante ícone cultural para a comunidade local, sendo um dos marcos iniciais da ocupação do Distrito.



Parecer de tombamento: clique aqui para download

Fontes de informação e referências:

Acervo de Inventários e Dossiês da Prefeitura de Ouro Preto/PROPAT e Arquivo Público Municipal de Ouro Preto